Portal Houve e Comunicação

Sexta-feira, 14 de Junho de 2024
Tchê Farmácias
Tchê Farmácias

Destaques

Pets Amparados - Eles também fazem parte da família de alguém

Governo Federal contribuirá com recursos no resgate e cuidado de pets no Rio Grande do Sul. Municípios com mais 100 mil habitantes receberão R$ 180 mil. Grad arrecadou R$ 2 milhões para ajudar o governo estadual

Aldo Ribeiro
Por Aldo Ribeiro
Pets Amparados - Eles também fazem parte da família de alguém
Grad/divulgação
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

 Além de salvar vidas humanas, o Governo Federal também colabora com o auxílio a resgastes de animais. Até as 18h deste sábado (18), 12.215 foram resgatados. Os municípios afetados pelas enchentes de proporções trágicas no Rio Grande do Sul receberão, de forma sumária, apoio financeiro para o resgate e cuidado de animais.

portaria número 1.710, publicada em edição extra no Diário Oficial da União desta sexta-feira (17), pelo Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional (MIDR), estabelece que, com a situação de emergência ou estado de calamidade pública declarada pelo estado afetado, serão destinados recursos com o objetivo de comprar insumos para animais de estimação domésticos no valor máximo por município estabelecido, de acordo com a faixa populacional.

Para municípios com até 50 mil habitantes, serão destinados R$ 45 mil; entre 50.001 e 100 mil pessoas receberão R$ 90 mil, enquanto cidades com mais de 100 mil moradores serão beneficiadas com R$ 180 mil.

Publicidade

Leia Também:

 

Mobilização animal

O ministro da Integração e do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, explica como foi chegada a essa solução, após muito debate. “A primeira-dama Janja e o presidente Lula nos determinaram buscar uma solução no resgate e cuidado com os animais. Cuidar deles é amparar a família, é cuidar do bem-estar, é cuidar da saúde pública. E nós estamos anunciando, em nome do Governo Federal, uma medida que vai garantir recursos financeiros, de forma sumária, para os municípios garantirem abrigos, alimentos e materiais de primeiras necessidades. E o que simboliza todo esse cuidado é aquela imagem do cavalo que passou por dois dias em cima de um telhado. Houve uma mobilização nacional, que emocionou a todos nós”, explicou, também emocionado, o ministro.

O chefe da Secretaria Extraordinária da Presidência da República de Apoio à Reconstrução do Rio Grande do Sul, Paulo Pimenta, também comentou a importância da portaria: “Em meio a toda essa situação bem difícil que vive o estado do Rio Grande do Sul, tem ganhado muito destaque o compromisso, o carinho, o afeto do povo gaúcho com inúmeros exemplos da forma carinhosa e leal com que tutores e cuidadores têm feito o possível e o impossível para o resgaste dos seus pets. E, assim, oferecer uma condição digna para que esses animais também atravessem esse momento conturbado”.

Comoção nacional

Carla Sássi, médica veterinária, bombeira civil e coordenadora do Grupo de Resgate de Animais em Desastre (Grad), mostrou-se satisfeita com a medida e conta que a equipe que comanda arrecadou R$ 2 milhões em doações. “Esse recurso que arrecadamos aqui, durante as nossas ações aqui no Rio Grande do Sul, iremos ajudar com ações emergenciais com os animais, que serão feitas em parceria com o governo do Rio Grande do Sul e as cidades mais atingidas da região metropolitana, para estruturar e assessorar os municípios para que eles se organizem para fazerem a manutenção desses animais a médio e longo prazos”, comentou a coordenadora do Grad.

 

FONTE/CRÉDITOS: Comunicação MDR
Comentários:
Johnny Tatoo
Johnny Tatoo
Metaservers
Metaservers

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )