Portal Houve e Comunicação

Sexta-feira, 14 de Junho de 2024
Tchê Farmácias
Tchê Farmácias

Brasil

Número de Mortos Sobe para 154 e 98 Pessoas Continuam Desaparecidas

Defesa Civil Relata 618,3 mil Desalojados; Governo Planeja Construção de Cidades Provisórias

Houvecom
Por Houvecom
Número de Mortos Sobe para 154 e 98 Pessoas Continuam Desaparecidas
Veja como ficou cemitério em Muçum após enchente devastar cidade gaúcha — Foto: Reprodução/TV Globo
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

O número de mortos devido às enchentes e temporais que atingiram o Rio Grande do Sul entre o fim de abril e a primeira quinzena de maio subiu para 154, de acordo com o relatório da Defesa Civil divulgado na manhã desta sexta-feira (17). Além disso, 98 pessoas estão desaparecidas e 806 ficaram feridas.

A tragédia deixou 618,3 mil pessoas fora de casa, sendo que 78,1 mil estão acolhidas em abrigos e 540,1 mil encontram-se desalojadas, hospedadas em casas de amigos ou parentes. No total, 2,2 milhões de gaúchos foram afetados pelos eventos climáticos em 461 dos 497 municípios do estado.

Em resposta a essa calamidade, o vice-governador do Rio Grande do Sul, Gabriel Souza (MDB), anunciou na quinta-feira (16) que o governo está planejando a construção de "cidades provisórias" em Porto Alegre, Canoas, Guaíba e São Leopoldo para abrigar as pessoas afetadas. Essa iniciativa visa aliviar a situação dos 78 mil desalojados que atualmente se encontram em abrigos temporários, muitos dos quais são instalações que precisam retornar à sua função original nas próximas semanas, como escolas, universidades, igrejas e clubes.

Publicidade

Leia Também:

O governo estadual, ciente da possibilidade de novos episódios de enchentes, está elaborando um plano de reconstrução e adaptação às resiliências climáticas. O governador Eduardo Leite (PSDB) não descarta a necessidade de remoção completa de municípios gravemente atingidos para novas áreas.

"Preparar-se para enfrentar eventuais enchentes não significa apenas implementar sistemas de alerta mais elaborados e contenção das águas. Há lugares onde não podemos descartar nem mesmo a remoção de cidades inteiras dos locais atuais", afirmou Gabriel Souza.

A situação continua crítica, e a Defesa Civil e o governo estadual trabalham incansavelmente para oferecer assistência e buscar soluções a longo prazo para prevenir futuras tragédias como esta.

Dados Atualizados da Tragédia:

  • Mortos: 154
  • Desaparecidos: 98
  • Feridos: 806
  • Pessoas em abrigos: 78.165
  • Desalojados: 540.192
  • Pessoas afetadas: 2.281.830
  • Pessoas resgatadas: 82.666
  • Animais resgatados: 12.108
  • Municípios afetados: 461

A comunidade gaúcha se mobiliza em solidariedade, e diversas campanhas de arrecadação de donativos estão em andamento para ajudar as vítimas dessa calamidade. Com informaçõs da G1/RS

Comentários:
Johnny Tatoo
Johnny Tatoo
Metaservers
Metaservers

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )